Política

Lulinha recebeu propina da Caoa

 Os delatores da Operação Lava Jato, Roberto Trombeta e Rodrigo Morales, responsáveis pela abertura de offshores do Grupo Caoa, disseram aos procuradores da República, que em 2012, a montadora Hyundai pagou R$ 300 mil para a Gamecorp, empresa do filho do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Fábio Luís, o Lulinha, sem a comprovação de ‘execução de serviços, contratos e ou relatórios que acompanhassem tais pagamentos’. Trombeta e Morales foram indagados pelos procuradores sobre outros pagamentos questionáveis e esclareceram que “como contadores de todas as empresas do Grupo Caoa contabilizaram pagamentos à empresa Gamecorp S/A em 2012, no valor de R$ 300 mil”. Ainda segundo os depoimentos, os pagamentos eram realizados por “notas fiscais enviadas pelo departamento financeiro”.

Mostrar Mais

Walter Estevam

Casado, Publisher do Jornal ABC Repórter e da TV Grande ABC, Presidente da ACISCS, Ex-Presidente da ADJORI, Ex-Presidente da ABRARJ, Ex-Professor Faculdade de Belas Artes de São Paulo, Jornalista, Publicitário, Apresentador dos programas 30 Minutos e Viaje Mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar