Hometurismo

Ilhas Galápagos: um paraíso natural que vale a fama

Nas Ilhas Galápagos, a biodiversidade surpreende e encanta os viajantes em busca de aventuras e conexão com o mundo natural.

galapagos-fur-seal-arctocephalus-galapagoensis-swimming-tropical-underwaters-fur-seal-underwater-world-observation-wildlife-ocean-scuba-diving-adventure-ecuador-coast-galapagos

 

Originalmente chamadas de “Ilhas das Tartarugas”’ (nome dado pelos exploradores espanhóis no século XVI), as Ilhas Galápagos envolvem mistérios que fascinam até hoje.

 

closeup-green-sea-turtle-swimming-underwater-lights

Muitos não sabem que este arquipélago de 19 ilhas é parte integrante do Equador, situado a cerca de 970 km do continente, no meio do Oceano Pacífico. Apesar de sua impressionante vida selvagem, com suas tartarugas gigantes e outras espécies únicas, as Galápagos são também lar de uma animada comunidade humana, com cerca de 30 mil habitantes, metade dos quais moram em Puerto Ayora, na ilha central de Santa Cruz.

Em 1978, as Ilhas Galápagos foram declaradas Patrimônio da Humanidade. Desde então o turismo se tornou a principal fonte de renda para o arquipélago, atraindo cerca de 200.000 visitantes por ano.

Além disso, o desenvolvimento do Ecoturismo (uma modalidade de turismo sustentável) tem sido fundamental para a preservação das espécies únicas da região. Atualmente, diversas plataformas de reserva de passagens aéreas, como a Decolar, oferecem pacotes especiais projetados para promover práticas de viagem conscientes, que respeitam a biodiversidade das ilhas e minimizam o impacto negativo.

 

O legado de Charles Darwin nas Ilhas Galápagos

Como provavelmente já sabe, as ilhas Galápagos estão ligadas ao naturalista britânico Charles Darwin, cuja visita em 1835 marcou o início de uma expedição científica transformadora.

Durante sua estadia nas ilhas, Darwin realizou estudos e observações sobre a vasta diversidade de espécies de vida selvagem, como plantas, animais e fósseis, presentes no arquipélago.

Essas observações, que se estenderam ao longo de anos, foram fundamentais para o desenvolvimento de suas teorias revolucionárias sobre seleção natural, posteriormente apresentadas em sua obra mais famosa, ‘A Origem das Espécies’, publicada em 1859.

Até hoje, os estudos de Darwin continuam sendo uma referência na Biologia, representando um marco do conhecimento moderno sobre a evolução.

 

Turismo nas Ilhas Galápagos

Como mencionado, as Ilhas Galápagos são um dos destinos icônicos para a prática do Ecoturismo, pois oferecem aos visitantes a oportunidade de explorar ecossistemas únicos, interagir com espécies de animais selvagens endêmicos e aprender sobre conservação ambiental.

Existem diversas atividades para fazer na Ilhas, como mergulho com snorkel, observação de aves raras, trilhas em vulcões ativos e passeios de barcos.

Se estiver planejando uma viagem para as incríveis e fascinantes Ilhas Galápagos, confira abaixo algumas dicas essenciais a considerar:

●       Como chegar?

Os turistas que desejam visitar Galápagos têm como única opção de entrada o transporte aéreo. Os voos para Galápagos são operados exclusivamente por duas companhias, AEROGAL e TAME, a partir das cidades equatorianas de Quito e Guayaquil. Não existe a possibilidade de comprar Dercolar passagens desde destinos internacionais para as ilhas, nem mesmo através de plataformas populares como a Decolar.

●       Documentação necessária

Leve em consideração que para visitar às ilhas é preciso contar com o Cartão de Controle de Trânsito (TCT), cujo valor é de US$20. Além do TCT, os visitantes devem apresentar identidade e passagem aérea de ida e volta. Todo esse processo é feito no check in do aeroporto, antes de entrar na sala de embarque.

●       Qual a melhor época para viajar?

Quanto à época para visitar, Galápagos oferece um clima agradável durante todo o ano, escapando dos furacões ou monções que afetam outras regiões tropicais. Com apenas duas estações, o clima raramente interfere nas atividades planejadas. Sugerimos reservar pelo menos 5 dias para explorar plenamente as maravilhas desse arquipélago.

O clima em Galápagos é agradável e ensolarado durante todo o ano. Por estarem localizadas na linha do Equador, as ilhas escapam dos furacões ou outros fenômenos que afetam o restante das regiões tropicais.

Com apenas duas estações, o clima quase nunca interfere nas atividades planejadas. O ideal é reservar pelo menos 5 dias para explorar com tranquilidade todas as maravilhas do arquipélago.

 

Onde se hospedar?

O interesse pelas Ilhas Galápagos cresce a cada ano, atraindo turistas de todo o mundo em busca de sua incrível biodiversidade. Com o aumento da demanda, surgem mais opções de hospedagens acessíveis.

Apesar de ser um modelo em termos de sustentabilidade, as ilhas ainda enfrentam. Muitos turistas optam por experiências mais baratas, que derivam em um custo elevado para o meio ambiente. Investir um pouco mais em escolher alternativas conscientes, não apenas garante uma experiência mais autêntica, mas também contribui para a preservação do delicado ecossistema das ilhas. Confira as recomendações:

●       Ikala Galápagos Hotel

Localizado na Ilha de Santa Cruz, o Ikala oferece conforto e elegância, sem deixar de lado a sustentabilidade ambiental. Foi pioneiro na resolução dos desafios de tratamento de esgoto, implementando um inovador sistema de compostagem, e adotou práticas ecológicas, como o uso de energia verde e a eliminação do plástico. Além disso, o hotel valoriza os produtos locais, contribuindo para a economia da região.

●       Pikaia Lodge

Também localizado fora da agitação de Puerto Ayora, o Pikaia Lodge é um exemplo de compromisso com o meio ambiente, com iniciativas como reflorestamento e conservação. Toda a equipe do hotel está pronta para garantir experiências memoráveis e sustentáveis para os hóspedes.

●       Quais as opções de comida?

Os restaurantes das Ilhas Galápagos costumam oferecer um menu fixo, com o café da manhã e o almoço custando em média US$ 5. O café da manhã normalmente inclui café, suco, ovos, pão e queijo. Já o almoço geralmente consiste em sopa, suco e um prato super completo combinado com arroz, carne ou peixe, lentilhas e salada. O pão de mandioca, que sempre acompanha os pratos, é uma das especialidades locais.

Entre os restaurantes mais populares se destacam o Almar Seafood & Grill, IslaGrill Restaurant, Tropic Bird Café e Royal Rock.

●       Sem Wi-Fi

Embora algumas áreas turísticas ofereçam sinal de celular e Wi-Fi, não espere boa conexão em todas as partes das ilhas. Aproveite a chance de se desconectar e apreciar a beleza natural sem distrações. Tire fotos das paisagens para as redes sociais e faça os posts mais tarde.

Apesar de ser um país relativamente pequeno, o Equador está cheio de maravilhas esperando para serem descobertas: desde sua arquitetura colonial até as pitorescas aldeias dos quíchuas, passando pela exuberante floresta amazônica até os imponentes picos andinos.

As Ilhas Galápagos, por sua vez, se destacam como uma das joias naturais mais preciosas do Equador… e do mundo. Pela sua rica fauna, suas paisagens serenas, suas praias paradisíacas, seu intrigante passado vulcânico, e pelas teorias de Darwin, as Galápagos conquistam um lugar especial nos corações de quem as visita, deixando memórias duradouras e uma conexão profunda com a natureza.

 

Mostrar Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo