EsportesFutebolHomePaulistãoSanto AndréSão Bernardo do Campo

Clássicos no ABC e na Capital movimentam a nona rodada do Paulistão

Verdão e Timão jogam amanhã, Tigre e Ramalhão se enfrentam segunda-feira

CELSO M. RODRIGUES

A três rodadas do final da fase de grupos, o Paulistão terá dois clássicos, um amanhã e outro segunda-feira, já falamos sobre eles, mas antes tem São Paulo em campo, hoje, contra Red Bull Bragantino, no Morumbis, às 18h.

DESFALQUES

O técnico do Tricolor, Thiago Carpini, encontra dificuldades desde o início da temporada e não consegue repetir o mesmo time em dois jogos seguidos.

Neste confronto não será diferente, o atacante Lucas segue afastado com lesão na coxa esquerda, o lateral-direito Rafinha tem lesão no tendão da perna esquerda, Igor Vinicius edema na coxa direita, Wellington Rato lesão na coxa esquerda e Moreira lesão na coxa direita.

PONTUAR

Além de todos os desfalques, o São Paulo ainda tem que se preocupar em pontuar bem, já que, apesar de ser líder, precisa garantir a vitória em casa se quiser continuar sonhando com uma vaga nas quartas de final.

COM ESTÁ?

Isso porque, no Grupo D, o Tricolor lidera com 13 pontos e um jogo a menos, mas vem de duas derrotas consecutivas, à frente de Novorizontino e São Bernardo, ambos com 12 pontos, mas um jogo a mais.

TRANQUILO!

Já o Santos, primeiro time classificado para o mata-mata, encara o Novorizontino, amanhã, às 16h., na Vila Belmiro.

O DERBY!

Também amanhã, mas às 18h., agora sim, tem o Derby que marcará o primeiro encontro entre os portugueses, Abel Ferreira do Verdão e António Oliveira do Timão.

INVICTO

Do lado alviverde, uma campanha muito boa, sem nenhuma derrota, o único invicto na competição, líder do Grupo B com 17 pontos e um jogo a menos.

Assim, o Palmeiras de Abel Ferreira encontra dificuldades na criação de jogadas quando Raphael Veiga não entra em campo.

Seu substituto, Jhon Jhohn, tem características que obrigam o técnico a mudar o esquema de jogo, mas nada que o português não tenha feito à frente do Palmeiras nestes quatro anos.

BOA FASE

Por outro lado, no Parque São Jorge, a chegada de António Oliveira fez o time reencontrar a organização e um futebol mais convincente, até porque tem usado as novidades que têm em mãos, como os jovens talentos e as novas contratações.

MAIS LONGE

Depois de flertar com a zona de rebaixamento por várias rodadas, o Corinthians se afastou do fantasma da Série A2, mas ainda é o último colocado do Grupo C, com nove pontos, a quatro da zona de classificação para a segunda vaga para o mata-mata.

DO ABC PARA CAMPINAS

Entre os times do ABC, o Água Santa enfrenta a Inter de Limeira, amanhã, às 20h., no Brinco de Ouro, em Campinas, estádio do Guarani.

A justificativa para o jogo ir para Campinas é de que o gramado da Arena Inamar, em Diadema, foi reprovado pela FPF – Federação Paulista de Futebol, e as alternativas que seriam Primeiro de Maio, em São Bernardo, ou o Canindé, em São Paulo, serão usados.

MAIS UM CLÁSSICO

E para fechar a rodada, segunda-feira (19), tem São Bernardo e Santo André, clássico local do ABC, que acontecerá às 19h., no Estádio 1º de Maio, casa do Tigre.

Atletas do Ramalhão em preparação para o clássico contra o Tigre, em São Bernardo
Atletas do Ramalhão em preparação para o clássico contra o Tigre, em São Bernardo

O Ramalhão é o último time na classificação geral, por enquanto está rebaixado, tem somente quatro pontos, os mesmos que a Portuguesa, mas é o único clube que ainda não venceu na competição e tem saldo de menos oito gols.

A situação do Tigre é melhor, o time da vizinha São Bernardo está na terceira posição do Grupo D e com a mesma pontuação do Novorizontino, 12 pontos, só depende de si para chegar às quartas de final e de um tropeço do time de Novo Horizonte.

Mostrar Mais

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo