Politica

Editorial – Escondendo o ouro…

 Só na Suíça a quantidade de dinheiro bloqueado pela Lava Jato chega a mais R$ 3,22 bilhões neste ano, segundo o MP de Berna. Desse total, investigadores no Brasil dizem que ainda desconhecem os verdadeiros donos de cerca de R$ 2,52 bilhões em 800 contas correntes bloqueadas no país europeu. 
Ainda que duramente combatida pela canalhocracia, abandonada e sozinha no próprio país, a Lava Jato foi e é o único fato relevante na nossa história recente. Botou à mostra as entranhas do sistema. Dada a beatitude bovina da população, pode ser que não consiga encarcerar os delinquente políticos fartamente denunciados. 
Serviu e serve para causar estragos políticos nas organizações criminosas e seus chefões que abocanharam o poder, com a cumplicidade explícita de quem neles vota. Sendo bonzinhos, poderíamos dizer que os eleitores, antes da Lava Jato, foram enganados por sacripantas especializados e matreiros. Hoje não há mais desculpas.  
Quem votar em qualquer dos candidato involucrado em denúncias, inquéritos e condenações estará dando-lhes aval aos crimes. 
Os mais de três bilhões de reais ocultos – o “Ouro na Suíça” – foram afanados da saúde, do ensino, da segurança e da infraestrutura nacionais e são uma pequena parte de tudo que foi e ainda é roubado no Brasil. A tese é a que corrupção seja classificada e punida como crime hediondo, fôssemos um país sério. Não somos…

Mostrar Mais

Walter Estevam

Casado, Publisher do Jornal ABC Repórter e da TV Grande ABC, Presidente da ACISCS, Ex-Presidente da ADJORI, Ex-Presidente da ABRARJ, Ex-Professor Faculdade de Belas Artes de São Paulo, Jornalista, Publicitário, Apresentador dos programas 30 Minutos e Viaje Mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar