Editorial

Editorial – Perdeu, madame!

 O relatório da Comissão de Impeachment contra Dilma foi aprovado por 59 a 21 votos, praticamente selando o destino tanto da presidente afastada, quanto o de seu partido e da base alugada. São meses e meses de falação, papagaios de pirata atrás de holofotes, estripulias políticas e jurídicas da “Turma da Chupeta” e, de tudo que foi dito na defesa da indiciada, nada se aproveita.  Teria bastado à quadrilha dos que fizeram o diabo para vencer eleições e sua testa de ferro – que levaram o país ao inferno – terem dito, muitos meses atrás: “- Sujou! Vamos vazar!” – e tudo teria sido de simplicidade gratificante. Contudo, como alertamos nos inícios do processo, preferiram o confronto e o mau combate, a mentira e o escárnio. O que lhes falta de humildade sobrou-lhes em prepotência e irracionalidade.  Não por acaso, nos 5.570 municípios do país, a defecção (stricto sensu, do latim “defaecare”) de militantes, meliantes e militontos dos partidos da coligação precária foi e está sendo acachapante. Os ratos sempre abandonam o navio que naufraga. Muitos, especialmente astutos, refugiaram-se na primeira tábua de salvação à deriva.  Poucos, menos dotados, insistem em remar no barco que vai a pique. Ninguém os ama, ninguém os quer. Porém, ainda não acabou. Restarão, após o expurgo dos piores, os tais “menos ruins” para serem enquadrados, com paciência e persistência. Chegaremos lá!

Mostrar Mais

Walter Estevam

Casado, Publisher do Jornal ABC Repórter e da TV Grande ABC, Presidente da ACISCS, Ex-Presidente da ADJORI, Ex-Presidente da ABRARJ, Ex-Professor Faculdade de Belas Artes de São Paulo, Jornalista, Publicitário, Apresentador dos programas 30 Minutos e Viaje Mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar