Editorial

Editorial – Qualidade humana

 “Nossa cidade é generosa e solidária, determinada e valorosa, audaciosa e consequente. Ombro a ombro, chegaremos às mais arrojadas metas. Unidos como até agora, nada resistirá à nossa vontade justa e legítima de viver a vida. Juntos, tudo será mais fácil para continuarmos avançando sem retrocessos num mundo sem fronteiras, para um futuro sem limites”.  Tais palavras estão na carta de Luiz Tortorello à população, em julho de 2.000, vésperas de um pleito fácil, em que pese a quantidade de recursos insondáveis que a principal ameaça ao futuro de então – o PT – já dispunha nacionalmente.  Quatro anos depois na Câmara, vésperas duma eleição difícil dada a quantidade de dinheiro e poder em mãos do adversário, Tortorello afirmou, peremptório: “O futuro se constrói trabalhando duro e não apenas apertando um botão”… referindo-se ao mote de campanha daquele mesmo partido: “Basta apertar um botão”.  Não viu a posse do sucessor que elegeu, José Aurícchio, falecendo aos 17 de dezembro de 2.004, 14 dias antes do fim de seu terceiro mandato. Todavia, nesta fase pré-eleitoral de 2.016, segue sendo o nome mais citado nas conversas e discussões políticas como exemplo de bom administrador que sabia o que fazia, e fazia porque podia. E acima de sua indiscutível competência paira – indissolúvel e inatingível – sua excepcional qualidade humana, fator desde então ausente. É isso…

Mostrar Mais

Walter Estevam

Casado, Publisher do Jornal ABC Repórter e da TV Grande ABC, Presidente da ACISCS, Ex-Presidente da ADJORI, Ex-Presidente da ABRARJ, Ex-Professor Faculdade de Belas Artes de São Paulo, Jornalista, Publicitário, Apresentador dos programas 30 Minutos e Viaje Mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar