Editorial

Editorial – Os ausentes

  A novela pífia e medíocre, mesquinha e vil iniciada ainda em 2013 com milhões de pessoas presentes nas grandes manifestações populares contra o governo mais pífio e medíocre, mesquinho e vil da nossa história republicana chegou ao ponto crítico. O pedido de defenestração da presidente Dilma Rousseff, ancorado no parecer jurídico dos veteranos Hélio Bicudo e Miguel Reale JR. foi aceito pelo Presidente da Câmara dos Deputados Eduardo Cunha(PMDB), que também está com o seu na reta acuado pelo PT e a Justiça. É o roto atacando a esfarrapada. A indigitada, cercada pela “nata” de seu staff, recitou de pronto resposta midiática vestalina pronta há tempos com insignificantes revisões. Instada pelo seu líder na Câmara, o deputado José Nobre Guimarães (PT) (aquele dos 100 mil dólares na cueca e 200 mil reais ilícitos numa pasta em 2006) a chefia do partido afirmou que entrará com mandado de segurança no STF e outras mirongas para dar cobertura à tarefeira. Gritam golpe, quando este já foi dado homeopaticamente desde 2003. O fato é tratar-se de disputa por território, a exemplo do que ocorre amiúde nas favelas do Rio de Janeiro. O resto já visto e a ver nos próximos 180 dias, a respeito, são penduricalhos e firulas. Afirmamos há tempos que quando os lobos se movem, as ovelhas se amontoam; ou por asco, ou por covardia. Os milhões de indignados de outrora estão ausentes das ruas.

Mostrar Mais

Walter Estevam

Casado, Publisher do Jornal ABC Repórter e da TV Grande ABC, Presidente da ACISCS, Ex-Presidente da ADJORI, Ex-Presidente da ABRARJ, Ex-Professor Faculdade de Belas Artes de São Paulo, Jornalista, Publicitário, Apresentador dos programas 30 Minutos e Viaje Mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar