Geral

Brasil tem 1 estupro a cada 11 minutos, no ABC foram 388 casos em 2014

  Dados do Fórum Brasileiro de Segurança Pública mostram que no ano passado foram registrados 47.646 estupros em todo o Brasil, o equivalente a 1 caso a cada 11 minutos. Apesar do índice assustar ele é 7% menor em relação ao ano de 2013 (51.090). ABCNas cidades quem compõem a região do ABC, em 2014 foram 388 de estupros registrados, já nos oito primeiros meses deste ano 239 pessoas sofreram violência sexual, o número representa 61,6% do total contabilizado no anterior. Para especialistas ouvidos pelo REPÓRTER, a elevação nos índices de estupros pode ser explicada na lei. “A mudança na Legislação sobre o crime sexual aumentou as notificações, hoje, para ser considerado estupro não necessariamente precisa existir conjunção carnal”, comentou o delegado titular do 1º Distrito Policial de São Caetano Rui Diogo da Silva. A opinião é compartilhada pelo doutorando e mestre em Direito e Processo da USCS (Universidade Municipal de São Caetano do Sul) professor Ulysses Monteiro Molitor “a antiga legislação tinha um enfoque machista, só era considerado crime sexual, quando houvesse conjunção carnal entre homem e mulher, com a mudança, o atentado violento ao pudor foi revogado e todos os seus atos foram elevados a estupro”. O delegado ainda comentou “considero o estupro o mais repugnante dos crimes, tanto quanto o tráfico de drogas”. Por outro lado, a redução em nível nacional dos casos de estupro pode estar, justamente atrelada, a lei mais rígida, o que de certa forma inibe as ações. 

Mostrar Mais

Walter Estevam

Casado, Publisher do Jornal ABC Repórter e da TV Grande ABC, Presidente da ACISCS, Ex-Presidente da ADJORI, Ex-Presidente da ABRARJ, Ex-Professor Faculdade de Belas Artes de São Paulo, Jornalista, Publicitário, Apresentador dos programas 30 Minutos e Viaje Mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar