Política

MP denuncia Auricchio por improbidade administrativa

O Ministério Público estadual de São Paulo impetrou ação por improbidade administrativa contra o ex-prefeito de São Caetano José Auricchio Júnior em decorrência de um contrato firmado em fevereiro de 2006 com a empresa Leandrini Postos e Serviços para fornecimento de combustível. Auricchio tem 15 dias para contestar a ação. Ele não retornou aos contatos do REPÓRTER. A ação, de iniciativa da promotora Sorandy Ayres Santos no final do mês passado, prevê multa e suspensão dos direitos políticos do ex-prefeito pelo período de cinco anos. Auricchio já teve suas contas rejeitadas pelo TCE e Câmara Municipal.  Todos os detalhes você confere na edição de amanhã do ABC Repórter! 

Mostrar Mais

Walter Estevam

Casado, Publisher do Jornal ABC Repórter e da TV Grande ABC, Presidente da ACISCS, Ex-Presidente da ADJORI, Ex-Presidente da ABRARJ, Ex-Professor Faculdade de Belas Artes de São Paulo, Jornalista, Publicitário, Apresentador dos programas 30 Minutos e Viaje Mais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Botão Voltar ao topo
Fechar